Aprenda uma Profissão Com o Curso de Design de Sobrancelhas

Design de Sobrancelhas

Está na hora de mudar a sua vida financeira de uma vez por todas. Sabemos que quanto mais o tempo passa, mais difícil é encontrar um bom emprego e nos manter presentes nele por um longo período. Mas será que a solução seria um curso de Design de Sobrancelhas?

Mesmo quem trabalha hoje sonha em ter os eu próprio negócio e alcançar a independência financeira. Neste momento, o mais válido para a maioria é simplesmente fazer este curso.

Por meio deste você conseguirá realmente alcançar seus objetivos e conquistar uma vida financeira realmente positiva.

Mudança de vida já com Curso de Design de Sobrancelhas

Curso de Design de Sobrancelhas

Sua vida financeira só tende a mudar para melhor se você aprender a investir em si mesmo por meio de um curso de Design de Sobrancelhas. Mas como?

Pense no seguinte: Ao fazer este curso, você estará absorvendo um conhecimento vasto, completo e preparatório para que você possa crescer e se destacar profissionalmente.

Ninguém poderá tirar este conhecimento de você, de modo que ele poderá ser usado pela vida inteira.

Você poderá trabalhar por conta própria, e não dependerá de ninguém para ganhar seu dinheiro.

O melhor de tudo é que com este emprego a tendência é apenas uma: crescer. Por quê? Pense em uma cliente que decide sempre fazer algo na sobrancelha com você.

Ela com certeza falará de você a outras pessoas que se interessarem. Estas, por sua vez, irão contratar seus serviços, e farão a mesma coisa que a cliente anterior, e começamos assim uma espécie de ciclo.

Talvez você ache a ideia sensacionalista, mas na verdade ela está bem longe de ser. Já há atualmente pessoas que vivem apenas disso, e estas vivem bem, pois sabem usar o conhecimento e a qualificação que receberam.

“O que me garante que eu também posso me beneficiar?”

A pergunta é ótima, e se você se fez, parabéns, realmente está pensando em algo justo e que merece resposta.

Você pode pensar em pessoas que realmente trabalham com isso atualmente. Estas aprenderam a profissão e começaram a usar o que aprenderam da melhor forma possível.

Essa é a garantia que você realmente se beneficiará do curso.

Você não estaria disposta a fazer um curso que não usaria, não é mesmo? Então, você vai gostar de saber que o retorno financeiro só depende de você.

É você quem vai encontrar clientes que gostarão de seus serviços e pedirão mais vezes, enquanto isso, outras serão atraídas a seu trabalho de vários modos.

Você pode montar um pequeno estúdio para trabalhar, criar um site/página no Facebook, e anunciar seu trabalho online. Enquanto faz isso, várias pessoas estarão realmente interessadas em saber como funciona.

No início de seu negócio, você poderá tirar uma foto do antes e depois de cada uma das clientes que concordarem para que você possa postar e estas vejam que realmente vale a pena confiar em você.

Isso se chama auto divulgação e os resultados são mais que positivos.

Ainda tem alguma dúvida de que este curso realmente mudará a sua vida financeira de uma vez por todas?

O que você está esperando?

Como você viu, realmente as coisas tendem a melhorar se você decidir investir em si mesma, tendo certeza do retorno que receberá com isso.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o assunto, você pode entrar em contato com o curso que decidir fazer para fazer perguntas.

Mas acima de tudo, saiba que é possível sim conquistar uma vida financeira melhor se você fizer um curso de Design de Sobrancelhas, capaz de fazer com que você cresça profissionalmente e alcance seu potencial.

10 brincadeiras antigas para resgatar com seus filhos

bolha de sabao gigante

É bem possível que você já tenha escutado alguém dizer “na minha época não era assim” ou ainda, “quando eu era criança nos divertíamos muito mais”. Por isso, separamos neste artigo 10 brincadeiras antigas para resgatar com seus filhos.

A importância de brincar

A brincadeira, especialmente para as crianças, não se trata apenas de passar o tempo e fazer algo divertido. Antes disso, é na verdade uma atividade de grande importância, que pode ajudar pais e filhos a estabelecerem vínculo e também, no desenvolvimento dos pequenos.

Vamos conferir agora, 10 brincadeiras antigas para resgatar com seus filhos.

  • Brincadeiras de roda

As brincadeiras de roda são excelentes e muito importantes, até mesmo pelo fato de conseguir proporcionar maior interação das crianças com outras pessoas, seja da idade dela ou não.

Muitas dessas brincadeiras são baseadas em tradições folclóricas, com cantigas que deixam a brincadeira ainda mais animada.

  • Amarelinha

Para todas as idades e também para meninos e meninas, essa brincadeira ajuda na coordenação motora e disciplina.

Com pequenas casas que podem ser desenhadas no chão, a criança deve jogar uma pedrinha na casa em que não irá pisar, deverá ir pulando e mantendo o equilíbrio até o fim do trajeto.

  • Pular corda

Essa brincadeira pode ser indicada para crianças a partir de 5 anos, até mesmo pelo nível de coordenação motora que é necessária e pode ser realizada de forma individual ou ainda, em grupo.

Assim como nas brincadeiras de roda, aqui também cabem canções divertidas que podem passar instruções para a criança seguir.

  • Bambolê

Com um círculo colorido de plástico, a criança deve colocar o bambolê no quadril e literalmente requebrar para não deixar cair de sua cintura.

Para muitos é uma atividade realmente difícil, mas com um pouco de prática, rapidamente eles conseguem aprender a brincadeira e vão se divertir muito.

  • Esconde-esconde

Desde quando eles são bem pequeninos, ainda bebês eles já gostam de brincar de esconde-esconde e até mesmo, pediatras e outros especialistas indicam essa brincadeira com os pequenos.

Sendo tão bacana e divertida, por que não aproveitar também quando eles estão maiores? Pode ter certeza que a diversão vai rolar solta.

  • Bolinha de gude

Nos tempos antigos era conhecida mais como uma brincadeira de menino. Essa é uma das brincadeiras mais populares e divertidas, mas que também exige concentração.

Basta desenhar um círculo no chão, para as crianças jogarem a bolinha. Aqueles que acertarem a bolinha do adversário jogando-a para fora, podem ganhar mais uma bolinha de gude para a sua coleção.

  • Escravos de jó

Com no mínimo dois participantes, essa brincadeira vai render boas gargalhadas. Cantando a música “escravos de jó”, cada participante com um objeto de fácil manuseio em mãos, segue as instruções cantadas na música.

Você vai ver que vai ser uma diversão só, principalmente quando aqueles mais distraídos errarem no momento das instruções.

  • Bonecas

Enquanto a bolinha de gude era brincadeira de menino, brincar com bonecas era coisa de menina. Com os mais diferentes tipos, tamanhos e formatos de bonecas as crianças podem brincar formando uma família, casinha, fazer comida e outras tantas opções deixando a imaginação correr solta.

Atualmente, existem inúmeros tipos e modelos de bonecas que vão desde as mais básicas até aquelas que falam frases, choram e dão risada. O bebê reborn é uma boneca extremamente realista, que se parece muito com uma criança de verdade e está conquistando toda a criançada que adora este tipo de brincadeira.

  • Carrinho de mão

Realmente como o nome indica, essa brincadeira é apenas para os que gostam de novidades e desafios.

A criança coloca as mãos no chão e com os braços estendidos, uma criança maior ou um adulto, levanta as pernas empurrando o outro como se fosse realmente um carrinho de mão.

  • Roda pião

Basta ter um pião para cada criança e lembre-se de enrolar bem o barbante. Com o impulso certo, puxando o fio para trás é possível fazer o pião girar com mil e umas piruetas.

É possível fazer até mesmo um torneio ou campeonato de pião, deixando a brincadeira ainda mais divertida.

Gostou deste artigo? Aqui trouxemos apenas algumas das centenas de brincadeiras antigas para você relembrar. Selecione uma dessas e aproveite para se divertir e passar um tempo de qualidade com seus filhos.

8 mitos alimentares que a estão fazendo engordar

mitos alimentares

Quando o assunto é manter um peso saudável, muitos são aqueles que procuram as melhores alternativas e cardápios alimentares para perder ou manter o peso que têm. Contudo, no meio dessa preocupação toda, acabam por dando ouvidos a muitos mitos que estão errados, engordando cada vez mais.

1 – As batatas engordam

Com cerca de 75 a 80% de água na sua constituição, as batatas apresentam apenas 85kcal em cerca de 100g de produto. Portanto, não é hipercalórica como todo o mundo pensa.

2 – As hortaliças são baixas em calorias

É verdade, não possuem gordura, mas também não possuem uma grande quantidade de proteínas (responsável pela sensação de saciedade). Daí ser importante acompanhá-las com carne, peixe ou outro tipo de proteína.

3 – A junção de vegetais fornece muitas proteínas

Mito. É por isso que os vegetarianos têm que, muitas vezes, recorrer a suplementos alimentares para colmatar a falta de proteínas. As substâncias vegetais não possuem todos os aminoácidos que o organismo precisa.

4 – As cenouras e os tomates são os únicos que ajudam na visão

Não são os únicos alimentos ricos em vitamina A e retinol, substâncias responsáveis pela manutenção da visão. A soja e alguns frutos também possuem estas propriedades.

5 – A cebola ajuda na circulação do sangue

Embora não tenha nenhuma propriedade relacionada com a boa fluidez do sangue, a quantidade de enxofre presente neste legume ajuda a evitar a formação de coágulos.

6 – Deve-se comer a fruta em jejum ou entre as refeições

As frutas contêm as mesmas calorias, independentemente da altura em que são comidas.

7 – As frutas desidratadas perdem as suas propriedades

A única coisa que as frutas desidratadas perdem é a água. De resto, todos os nutrientes mantêm-se intatos.

8 – O pão engorda

Este é o maior mito da alimentação, já que 100g de pão branco apresenta 250kcal.

7 coisas que não deve fazer quando estiver discutindo com quem ama

As discussões, tal como qualquer outro aspecto, fazem parte de um relacionamento. Pontos de vista que não geram consenso oi atitudes menos corretas por parte da pessoa amada são alguns dos motivos para as discussões existirem.

Apesar das discussões nunca serem agradáveis, é necessário que haja cabeça fria para não magoar a pessoa que gostamos. Por isso, fique a saber quais são as 7 coisas que nunca deve fazer quando estiver a discutir com a pessoa que ama.

1 – Envolver familiares e amigos

Os problemas entre o casal devem ficar somente entre eles. Só os elementos da relação é que sabem os verdadeiros motivos da zanga e o que querem ou não fazer.

2 – Ser violento(a)

Quando se discute, a tende a mostrar o seu pior lado. Mas isso nunca é nem poderá ser motivo para existir violência, seja ela física ou verbal. Caso os ânimos se exaltem, o melhor é retomar a conversa quando ambos estiverem calmos.

3 – Misturar as coisas

O que já passou, não deve voltar à “baila” durante uma discussão, sobretudo se isso já ficou resolvido, assim como não se deve usar o fato de se estar chateado para apontar os erros ou as falhas do(a) parceiro(a), incluindo quando ele(a) falha as tarefas domésticas. Em vez de apontar o erro, deve-se relembrar que a sua vez de realizar as tarefas.

4 – Pronunciar a palavra divórcio

É normal que se digam coisas que magoem o outro durante uma discussão, e uma delas é propor o divórcio. Quanto mais se fala nesta possibilidade, mais depressa ele ocorre. O divórcio só deve surgir quando existem motivos para tal, não quando acontece uma simples discussão.

5 – Sair de casa a meio de uma discussão

Sair de casa durante uma discussão só mostra o quão desconfortável se está em relação ao assunto. Em vez disso, é preferível dizer que se quer estar sozinho para pensar e retomar a conversa mais tarde, quando tudo estiver mais calmo.

6 – Dormir em camas separadas

Dormir em camas separadas só piora as coisas e torna o ambiente mais pesado. É importante que a rotina não se quebre, o que inclui dormir juntos na mesma cama. Isto só irá acalmar os ânimos e tornar a reconciliação mais fácil.

7 – Discutir em público

Discutir em público só mostra que o casal não tem respeito um pelo outro quando estão acompanhados. O lugar para tal acontecer é em casa, onde estarão só os dois.